08:00:17pm 11/12/2017

Secretários de Estado de Agricultura pedem ao MAPA criação de normas para a cadeia do coco.


O Conselho de Nacional de Secretários de Estado de Agricultura (Conseagri) manifestou, em nota, apoio às propostas encaminhadas ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) pelo Sindicato Nacional dos Produtores de Coco no Brasil (Sindicoco) para revitalizar a cadeia produtiva do fruto no País.

Os produtores querem que o Ministério estabeleça normas para a produção e comercialização do produto e de seus derivados, cujas importações aumentaram sensivelmente nos últimos anos.

Com o crescimento das importações, afirmam os produtores, torna-se necessário exigir que as indústrias exportadoras destes produtos para o Brasil sigam as mesmas regras das indústrias nacionais para a produção de alimentos, atuando dentro dos critérios de qualidade e segurança alimentar e evitando riscos à saúde do consumidor brasileiro.

Como exemplo, a nota do Conseagri considera “inadmissível, por exemplo, a permissão hoje existente de que uma água reconstituída com água potável a adoçante seja considerada água de coco”. A questão agora será analisada pelo MAPA.


Por Leni Sampaio