Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
14/03/2020 - 21:30

As servidoras da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) foram homenageadas na manhã da sexta-feira (13) com uma programação realizada na sede do órgão. Música, serviços de massagem para as mãos, maquiagem, corte de cabelo, design de sobrancelha, limpeza de pele, exposição de produtos de artesanatos, sorteios de brindes, exibição de um vídeo em homenagem às mulheres e apresentação musical feita pelo servidor Mateus Costa foram alguns dos momentos que marcaram a programação. Também foi oferecido um lanche para as homenageadas. São mais de 100 mulheres que integram o quadro de servidoras da secretaria.

 

A gerente de assistência social da Sedap, Odaleia Lima, disse que a programação foi feita no sentido de valorizar as servidoras da Sedap. Ela citou que a organização da programação fez uma parceria com as empresas Mary Kay, Embeleze,Natura,  Hinode, Agência de Viagem Gutodaxtur e a Associação Ama da Praça.

 

A diretora administrativa e financeira da Sedap, Timara Miranda, ressaltou que essa programação mostra o reconhecimento da Sedap pelas suas servidoras. “O papel da mulher é muito importante no desenvolvimento do Estado, no setor em que atuamos que é o produtivo. A Sedap tem no seu quadro um número expressivo de mulheres. Tanto é que a maioria das chefias da Sedap é composta por mulheres. Isso mostra a força da mulher diante do desenvolvimento do Estado.

 

Nas fotos: Dulcimar, Timara, Rosângela, Alice,Odaleia e Ana 

 

 A coordenadora do RH da Sedap, Ana Cristina Farah, disse que a mulher sempre teve presente em todos os setores da sociedade. “Hoje ela consegue estar mais presente, ainda. O tema deste ano do Dia Internacional da Mulher é a equidade. A igualdade de gênero e de direito. É isso que a gente luta ainda. Por mais que a gente saiba que já conseguiu muito, precisamos dessa igualdade. Esse evento é para lembrar essas conquistas e também para continuar valorizando, que nós precisamos de respeito. Que esse dia não seja só hoje. Que seja sempre.”, declarou.

 

 

Aprovação-  As servidoras da Sedap gostaram da homenagem. Formada em engenheira agrônoma, Rosângela Figueiredo, que há 34 anos trabalha na secretaria, disse que gostou da programação. Ela, que mora no bairro da Marambaia, disse que tem muito prazer em todos os dias ir trabalhar na secretaria.

 

                      

As mulheres ganharam brindes sorteados na programação                                   Algumas servidoras aproveitaram para mudar de visual

Outra que aprovou a programação foi a engenheira agrônoma, Dulcimar Melo, coordenadora do programa de Floricultura. Ela disse que estava gostando da homenagem e que isso  valoriza as mulheres em uma secretaria que trabalha com setor tão importante para o desenvolvimento da economia no Estado.

 

Apesar de ainda ser bem nova na secretaria, a estagiária Alice Alves, que é estagiária de administração há um ano na Sedap, disse que gosta muito desse tipo de programação que ressalta a importância da mulher. Reconheceu a importância das colegas, em especial, as mais experientes com quem disse que aprende bastante. “Elas são uma referência. Eu aprendo muito com elas”.

 

Além de ter uma “Dia de Beleza”, as mulheres foram homenageadas com sorteios de brindes como kits de beleza doados pela Mary Kay e produtos de artesanatos que foram repassados pela Ame na Praça. Também houve o sorteio de viagens com direito à hospedagem (doadas pela Gutodaxtur) para o município de Soure e para São Luiz, no Maranhão.

 

 

                                             

Algumas servidoras fizeram pintura indígena de jenipapo feita pela índia Lila                                                 As mulheres da Sedap tiveram uma dia especial para cuidar da beleza

 

Pintura-  Algumas servidoras, além de passar por um "Dia de Beleza" através dos serviços ofertados, optaram por fazer uma pintura indígena de jenipapo, trabalho esse feito por outra mulher: a índia Lila Jumbata Flores, da tribo Tikuna, do Amazonas, artesã que trabalha também com bijuterias feitas de variados tipos de sementes. Ela integra a Ame na Praça, associação composta por 10 artesãos. Uma das servidoras que fez a pintura foi a Madalena Silva, que trabalha no Recursos Humanos e há 36 anos é servidora da secretaria – desde a antiga Secretaria Estadual de Agricultura (Sagri) que passou a ser Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) em 2014. Ela disse que achou lindo os trabalhos feito pela Lila Jumbata e achou interessante uma exposição de trabalhos artesanais.

 

 A Ame na Praça fica localizada na Praça Eduardo Angelim, no bairro da Pedreira. Segundo informou uma das integrantes da associação, Paula Pereira, conhecida como Negra Lee, essa foi a primeira vez que a associação participou de uma programação da Sedap. A associação trabalha com reciclagem, crochê, customização, geleia artesanal, empreendedorismo com a Natura, biojóias, produtos fitoterápicos, pintura feita em algodão cru e pintura em jenipapo feita pela índia Lila Jumbata da tribo Tikuna. Quem quiser entrar em contato com a Ame na Praça pode ligar para o 99995-2305

 

 

                                                 

 As servidoras da Sedap receberam uma homenagem especial para marcar o Dia da Mulher             

 

Texto: Rose Barbosa

Fotos: Rose Barbosa e Mateus Costa