Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
28/06/2019 - 11:30

 

 

As diretorias, da Agricultura Familiar e de Pesca objetivando o aumento da capacidade produtiva e da comercialização, promoveram na última quinta (27), na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), a primeira feira, servidores e o público em geral, compareceram para comprar com preços mais baixos do que os praticados em feiras e mercados da região.

 

O pescado custou 30% a 50% mais barato, agradou quem comprava, também fizeram parte da feira, produtos diferenciados, como como bolsa, carteira e chaveiros feitos à base do couro de pirarucu, o que chamou a atenção dos visitantes. Para Maria Ferreira que mora perto da secretaria, a feira foi muito boa, com preços baixos e produtos de qualidade.

 

Gerferson Almeida, Diretor de Pesca, acredita que a feira beneficia servidores e a população, com produtos de qualidade, que tem o selo de inspeção federal e segurança alimentar.

 

A diretora da Agricultura Familiar, Antônia Aleixo, ficou feliz com o resultado, pois os produtos apresentados eram agroecológicos, feitos por cooperativas de Santa Bárbara, Mosqueiro, Marituba e pelo MST. “É importante o incentivo ao produtor e a comercialização com venda direta.”

 

Além de várias espécies de peixes, camarão rosa congelado, massa de caranguejo, a feira teve hortaliças, frutas, farinhas, doces, produtos medicinais e estéticos naturais à base de óleo de origem amazônica.

 

A feira foi destinada ao público em geral e aos servidores, não só da Sedap, mas de todos os órgãos públicos localizados nas proximidades, como a Sead e a Sedop. Na fila para comprar produtos,o secretário, Hugo Suenaga, comentou sobre a importância do fomento do consumo do pescado e hortaliças para ajudar a difundir a comercialização do que é fornecido pelos produtores.

 

Texto: Camila Botelho
Fotos: Mateus Costa

 

Confira mais fotos no link a seguir: https://www.facebook.com/1595331740697950/posts/2431233460441103?s=16407...