Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
11/03/2019 - 09:30

 

As servidoras da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) foram recebidas com um café da manhã na última sexta-feira (8), para comemorar o Dia Internacional da Mulher. Uma feira de plantas e artesanato e uma feijoada servida no almoço completaram a homenagem às servidoras e agricultoras, que juntas, simbolizaram a força da mulher na cidade e no campo.

 

“Um dia de luz, paz e comemoração com foco no empoderamento feminino”, definiu o titular da Sedap, Hugo Suenaga. O secretário informou que haverá um espaço funcional para a realização mensal de feiras, com o objetivo de criar mercado para a agricultura familiar e valorizar a produção do campo.

 

A diretora administrativa e financeira da Sedap, Timara Miranda anunciou que na terça-feira (12), as homenagens continuam com a promoção de um dia de beleza, quando haverá diversos serviços de estética para as servidoras. A presidente da Associação dos Servidores da Sedap, Alcênia Gonçalves, saldou as mulheres dizendo que todos os dias são de luta e resistência pelos direitos da mulher. O veterinário da Sedap, Oscar Batista, declamou uma poesia em homenagem as mulheres.

 

As plantas ornamentais foram o destaque da Feira da Mulher Empreendedora da Agricultura Familiar Solidária. Espécies curiosas como as flores comestíveis e o pé de ovo, como é conhecida a planta cuja flor tem o formato de um ovo, chamaram a atenção dos visitantes e em poucos minutos compraram todos os exemplares e outras espécies trazidas pelas agricultoras que fazem parte do projeto Quintais Amazônicos Produtivos, em Marituba.

 

O projeto das secretarias de Agricultura, Educação e Assistência Social do município, ganhou a parceria da Sedap na comercialização dos produtos. O prefeito Mario Filho informou que 200 famílias já produzem plantas medicinais, ornamentais e hortaliças nos quintais, além de 16 escolas e quatro Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). “A produção é consumida na merenda escolar, enriquece a dieta da população e complementa a renda das famílias”, disse o prefeito, que veio acompanhado da deputada estadual Michele Begot (PSD), para quem o projeto traz perspectiva e esperança às famílias de Marituba.

 

A produtora Madalena Santos, da comunidade do Uriboca, considera importante a iniciativa da Sedap de ceder espaço à comercialização dos produtos, “porque leva a gente ao encontro do comprador”, justificou ela. Dona Iracema Monteiro, 75 anos, cultiva plantas desde menina, mas só agora percebeu a importância da atividade: “Eu revivi nesse projeto, conheci pessoas, aprendi muito nas palestras sobre agricultura e ainda tenho a oportunidade de ganhar meu dinheirinho”, comemorou.

 

Texto: Leni Sampaio - Sedap
Fotos: Mateus Costa - Sedap

 

Confira no link abaixo o álbum de fotos do evento: