Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
31/05/2021 - 14:00

Texto: Rose Barbosa

Fotos: Divulgação

Técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) ministraram uma oficina do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF/Terra Brasil) do governo federal, no município de Altamira, na Região de Integração do Xingu. A programação ocorreu nos dias 26 e 27 deste mês, com representantes de sindicatos rurais e cooperativas de agricultores e trabalhadores rurais e potenciais beneficiários do programa na região.

 

A organização e realização foi da Diretoria de Agricultura Familiar (Dafa) Sedap, da Unidade Técnica Estadual(UTE), que funciona no prédio-sede da secretaria, e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS).

 

Também participaram da programação, os secretários de agricultura dos municípios de Altamira, Uruará, Medicilândia, Brasil Novo, Altamira, Vitoria do Xingu, Anapu, Senador José Porfirio e Pacajá e técnicos Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) da esfera pública (através da Emater) e privada.

 

A coordenadora da UTE, Martha Pina, explicou que a programação alcançou o objetivo de levar a um número maior de interessados as informações sobre o acesso e operacionalização do crédito fundiário. A UTE, como informou, coordena o programa no Pará. “Já levamos orientações a agricultores de outras regiões do estado, como o sudeste paraense, por exemplo, sempre com o objetivo não só de ampliar o repasse de informações como também o acesso ao crédito”, frisou a técnica.

 

O PNCF tem como finalidade garantir o financiamento para trabalhadores rurais e pequenos produtores da agricultura familiar, proporcionando aumento da produção e renda.

 

Além da coordenadora da UTE, a equipe técnica que participou da programação foi formada pelas servidoras Ana Guerreiro, Heloísa Helena Figueiredo e Maria Josefa Magalhaes. 

 

 Segundo adiantou a coordenadora da UTE, as próximas programações estão previstas nos seguintes municípios: Conceição do Araguaia (15 de junho – seminário e oficina de capacitação nos dias 16 e 17 de julho) e em Redenção, onde serão realizados dois seminários nos dias 23 e 24 de junho.

HABILITAÇÃO

Com o apoio da UTE/Dafa, segundo adiantou Pina, a Prefeitura de Rondon do Pará foi habilitada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para trabalhar com crédito fundiário.  No estado, já estão habilitadas, também, a Emater – que é a prestadora oficial – e mais três prestadoras privadas.