Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
03/10/2021 - 20:15

 

Texto: Rose Barbosa / Ascom Sedap

Fotos: Pedro Guerreiro - Ag. Pará / (Ascom Emater)

 

Dos 12 finalistas do III Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil, na categoria Blend (mistura), anunciados na sexta-feira (1º), nove são do Pará. Os classificados são de Medicilândia, Novo Repartimento, Brasil Novo e Uruará. A Bahia teve três classificados nessa categoria. 

 

 

 

O concurso é uma iniciativa conjunta da cadeia produtiva do cacau, executada pelo Centro de Inovação do Cacau (CIC), em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac).

 

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), é um dos patrocinadores do concurso. O titular da Sedap em exercício, Lucas Vieira, ressalta que o cacau do Pará, mais uma vez, desponta entre os melhores do Brasil. "É motivo de satisfação e de orgulho, pois dos 12 classificados na categoria Blend a ampla maioria é oriunda do nosso Estado. Isso muito nos orgulha. Parabenizamos a todos os finalistas. O governo do Estado e o Funcacau (Fundo de Desenvolvimento da Cacauicultura do Pará) trabalham bastante para termos cada vez mais um cacau de qualidade", informa Lucas Vieira.

 

 

Valorização - Desde sua primeira edição, em 2018, o concurso vem se consolidando como estratégia de valorização da qualidade do cacau brasileiro. Tem adesão dos produtores dos estados que se tornaram referência no cultivo do fruto. O Pará se destacou desde a primeira edição, ao lado da Bahia e do Espírito Santo.

 

A produção do Pará foi destaque também na categoria "Varietal", com o cacau de Uruará e Medicilândia. A análise de amostras será feita no período de 02 de outubro a 12 de novembro. No dia 22 de novembro será a final.

 

Os classificados do Pará na categoria Blend são: Ademir Venturin (Medicilândia); Hélia Félix de Moura (Medicilândia; João Rios de Souza (Novo Repartimento); José Antônio de Oliveira (Novo Repartimento); José Renato Preuss (Brasil Novo); Raimundo Silva (Uruará); Robson Brogni (Medicilândia); Valdemiro Broechl (Novo Repartimento) e Willian Paulo Broechl (Novo Repartimento).

 

Na categoria “Varietal" os classificados são Gilmar Batista de Souza (Uruará) e José Antônia de Oliveira (Novo Repartimento).

 

Serviço: Mais informações sobre o concurso estão disponíveis no site http://omelhorcacaudobrasil.com.br/