Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
09/11/2020 - 21:15

 

Texto: Rose Barbosa/Ascom Sedap

 

 

 Um feito inédito foi registrado neste final de semana no município de Marabá: cinco produtores familiares foram contemplados com os recursos do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). Com isso, eles poderão viabilizar a aquisição de terras próprias para moradia e cultivo. O registro histórico ocorreu durante a visita do governador Helder Barbalho e comitiva no município, onde foi realizada a cerimônia de entrega dos créditos.  Os cinco pequenos agricultores beneficiados são do município de São Domingos do Araguaia.  O titular da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Hugo Suenaga, esteve presente na programação.

 

No Pará, o PNCF é coordenado pela Unidade Técnica Estadual(UTE) da Sedap.  O gestor da secretaria ressaltou a importância do repasse. “Esses cinco créditos são os primeiros a serem liberados, lembrado que o programa já existe há 20 anos no Brasil, sendo que o Pará tem a adesão há três anos e agora, sob nossa coordenação no governo do Estado, conseguimos liberar os primeiros”, ressaltou.

 

Há três linhas de crédito que podem ser requisitadas pelos agricultores, dependendo do perfil que eles se encaixarem: o PNCF Social, o Mais e o Empreendedor.  O produtor interessado precisa se enquadrar nos critérios específicos para saber qual linha pode acessar, dependendo da sua renda anual e seu patrimônio, por exemplo. 

 

A Sedap, através da UTE, realizou no final de setembro dois seminários nas regiões de integração do Baixo Amazonas e do Araguaia para levar orientações aos agricultores de como acessar o crédito fundiário.

 

A programação foi coordenada pela equipe da UTE/ Diretoria de Agricultura Familiar (Dafa) da Sedap. A coordenadora da UTE, Martha Pina, quem esteve à frente da programação, informou que no Baixo Amazonas, houve 90 inscrições para todas as programações.  Para o seminário, mais especificamente, foram 48 inscritos. Além de Santarém, participam produtores rurais de Mojuí dos Campos, Belterra e das regiões mais próximas. No Araguaia, a programação foi realizada no município de Redenção.